Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


quando chove

Pedro Simão Mendes em 14.11.17

o mar arde-me sempre nos olhos. e eu só não trago o mar nos olhos quando chove. escrito a 21.10.2017

dúvidas existenciais a meio da sema...

Pedro Simão Mendes em 08.11.17

«who am I?»

#831

Pedro Simão Mendes em 01.11.17

têm sido tantas as ideias que gostaria de partilhar, mas que, por alguma razão que não sei bem explicar, não consigo transmitir em palavras. quando o conseguir, tentarei estar...

até à costa

Pedro Simão Mendes em 21.10.17

até à costa caminhei para te beijar, nos olhos trouxe o mar quando voltei. escrito a 12.09.2017

postcards from paris

Pedro Simão Mendes em 15.10.17

do equinócio de outono

Pedro Simão Mendes em 21.09.17

deitado na cama, aguardo o outono chegar. vi já algumas folhas caídas nas ruas, e as primeiras chuvas, breves, trouxeram consigo a nostalgia desta estação. o equinócio, contud...

das palavras de ricardo reis

Pedro Simão Mendes em 15.09.17

"põe quanto és no mínimo que fazes". "sê inteiro". tudo para ser grande. é isto que nos diz fernando pessoa, nas palavras de ricardo reis. mas, e quando já não somos nada? que...

#826

Pedro Simão Mendes em 27.08.17

«I would call this home if I knew that I could»

Do mar do Norte

Pedro Simão Mendes em 22.08.17

Hoje fui sozinho ao mar. Sentia precisar de um mar que me salgasse a alma e me expurgasse os males que carrego em mim. Mas aqui há demasiado vento, há a nortada. E sentir o sa...



mensagens

pesquisar

  Pesquisar no Blog