Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



#845

Pedro Simão Mendes, em 14.02.18

já fui um sol de inverno, já fui uma nuvem cinzenta. já fui porto seguro, já fui o abrigo de alguém. agora, sou um panhonhas. e estou cansado, tão cansado.

fui-me abaixo. não sei exactamente como, nem exactamente quando, mas algures nesta caminhada, tropecei, e caí. ainda não me consegui levantar. não cheguei nunca a levantar-me. decidi arrastar-me, ainda assim. sinto que é isso que tenho feito nos últimos anos: arrastar-me na vida.

 

sempre gostei de investigação, porque sempre gostei de saber mais, e mais. aprender e gerar conhecimento em psicologia, sobretudo na área da memória, fascinaram-me desde o meu primeiro ano do curso. e lutei, lutei tanto para chegar onde estou, para finalmente conseguir uma bolsa de doutoramento. e o que é que isso me trouxe, afinal? no último ano, perdi totalmente o meu rumo. desinteressei-me por ler artigos e agora, quando tento ler, não me consigo concentrar. mais, não sinto gostar do tema que investigo, e como não consigo ler, não consegui desvendar algo interessante. para além disso, sinto-me desorientado - o sistema da minha escola parece ignorar os seus alunos (sim, não sou só eu). mas sobretudo, não vejo futuro algum naquilo que investigo, e perdi o interesse em tornar-me investigador, ou professor. e que raio hei-de fazer quando chegar ao fim desta etapa? que raio hei-de fazer, quando for doutor?

não sinto que esteja a trabalhar para um futuro são. aliás, não sinto que esteja a trabalhar para qualquer futuro, sequer. sinto-me inútil, neste arrastar de vida que levo. ainda vivo com os meus pais, ainda estou preso na mesma cidade, ainda estou no chão, a rastejar. ainda não me levantei, depois de cair.

 

já fui um sol de inverno, já fui a alegria de alguém. talvez ainda seja. mas sinto-me mais uma nuvem cinzenta, feito tristeza em estado gasoso, flutuando por aí.

sou um panhonhas, sou um tantan. e ele a meu lado vai, coitado, tentado ajudar-me. só que eu estou cansado, tão cansado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:45




mensagens

pesquisar

  Pesquisar no Blog