Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


policromático

Pedro Simão Mendes em 19.05.17

quando a tua pele toca a minha, e a tua língua abraça a minha, e a tua saliva me cobre o corpo, e o teu amor me alcança a alma por dentro, sinto que, unicolor, me desfaço em a...

#806

Pedro Simão Mendes em 17.05.17

parabéns a ele.

do porto

Pedro Simão Mendes em 13.05.17

o porto tem a magia de me fazer apaixonar novamente de cada vez que o visito. desta vez reapaixonei-me não só pela cidade e pelas suas ruas molhadas, como também por ele, uma...

transparentemente

Pedro Simão Mendes em 10.05.17

amo amar-te e transparentemente ser uníssono contigo. escrito a 07.05.2017

dos começos

Pedro Simão Mendes em 27.03.17

um pouco mais do que três meses de ti. hoje assinalamos três meses de nós. e isto, amor, é só o começo.

anoitecer

Pedro Simão Mendes em 16.01.17

passei o dia a pensar em ti anoiteceu ainda penso escrito a 16.01.2017

anoxia

Pedro Simão Mendes em 23.12.16

nunca pude contar as vezes em que não te soube ouvir. mas sei que foram demasiadas. e agora que te sinto fugir, queria ter-te decorado os lábios e saber na ponta da língua tod...

Marejada

Pedro Simão Mendes em 14.09.16

Houve mais em ti do que conheci no mar. E mesmo que não me salgues o corpo, ardes-me ainda nos olhos. escrito a 21.08.2016

Cicatriz

Pedro Simão Mendes em 04.08.16

Tatuei-te a ferro em brasa no coração que, agora frio, te enverga como cicatriz. Ainda dóis. escrito a 23.07.2016



mensagens

pesquisar

  Pesquisar no Blog