Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



nesta cidade não chove

Pedro Simão Mendes, em 17.09.13

nesta cidade não chove.

antes lacrimeja o céu.

olhei-o: magnésico chorava

enlutado com vinte e nove

aves adejando em compasso quaternário.

 

nu e madefacto,

soltei rudimentos aluminíferos,

sais acídulos que, ásperos, sanavam minha face

e meu coração.

 

vazio, aluí.

 

escrito a 16.09.2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 04:29



mensagens

pesquisar

  Pesquisar no Blog