Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



há pouco mais de sete meses, voltei a portugal. mais precisamente, a vinte de dezembro de dois mil e catorze, depois de quase quatro meses em frança, voltei finalmente a portugal.

vivi intensos momentos durante o meu tempo em lille, e já tenho saudades de muitos deles. no entanto, além de estes sete meses terem passado a correr (parece que este semestre em que realizei a minha dissertação de mestrado e o meu estágio curricular passou num ápice), tenho a sensação de que aqueles na-época-longos-meses foram não mais do que uma ou duas semanas longe de casa. e esta distorção da percepção temporal faz-me imensa confusão. é como sentir a vida a fugir-me por entre os dedos e ver as minhas experiências transformadas em nada mais do que memórias que se parecem dissipar depressa demais.

voltando-me para o presente, reparo que agora que terminei o meu mestrado (ontem!), não sei o que fazer do meu futuro. não só pela incógnita que é (e sempre foi), mas porque já não sei o que quero fazer. candidatura a bolsa de doutoramento, para seguir investigação e carreira académica? seria a minha primeira escolha... mas recentemente, sinto-me cansado de estudar, sobretudo continuando na minha instituição de ensino. então, noutra cidade? noutro país? seria sem dúvida uma experiência fenomenal, mas parece-me apresentar muitos contras com os quais não posso, de momento, lidar. estágio profissional remunerado e registo na ordem dos psicólogos? em que área? é difícil e não me sinto, de todo, preparado. no entretanto, uma amiga arranjou-me emprego temporário na feira do livro de braga, o que constituiu a minha primeira experiência de trabalho. grato, tenho agora uma experiência no mercado de trabalho que posso incluir no meu currículo, algo que me poderá abrir portas para, eventualmente, e se as coisas não correrem da melhor forma, procurar emprego numa área comercial. vou também participar na organização de um congresso internacional na área da psicologia em setembro, experiência que certamente ajudará a organizar algumas ideias.

 

para já, resta-me aproveitar o tempo (finalmente) livre para me dedicar ao descanso e a eventuais projectos pessoais.

a ver vamos.

 

até já

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:52

Nevermind what you're looking for

Pedro Simão Mendes, em 22.07.15

 «you'll always find what you're looking for»

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:03

#666

Pedro Simão Mendes, em 22.07.15

já me posso dizer mestre em psicologia. yey.

também já posso dizer que tive um primeiro emprego, embora temporário.

 

é mais ou menos isto.

 

até já.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:00



mensagens

pesquisar

  Pesquisar no Blog