Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



sobre( )viver

Pedro Simão Mendes, em 26.08.15

escrever já não me satisfaz os dedos

nem a alma.

se já não tenho por que chorar,

não tenho eu por que lograr.

 

vivo sobre a vida

que passa, me passa

vagarosamente ao lado.

como a água que queremos

num manelo guardar,

mas por entre dedos escapa.

 

ainda não sei para onde vou

nem tampouco de onde vim

e já só conto as horas para o fim.

 

mas de quê?

 

escrito a 15.06.2015

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 00:45



mensagens

pesquisar

  Pesquisar no Blog