Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



são as noites

Pedro Simão Mendes, em 07.09.10

são o coaxar das rãs, o piar das corujas, o cantar das cigarras nas noites quentes de verão. são a respiração gelada e a chuva a bater-me na janela nas noites escuras de inverno.

sim, são as noites. as noites são, se o quisermos, sempre mágicas, por serem a passagem entre os dias e o que eles trazem. são as noites que levam um céu nublado e o trazem limpo. são as noites que nos trazem sempre, sempre um novo dia.

e essa maravilha é dos bens mais preciosos que podemos ter. um novo dia. uma nova oportunidade. a esperança de ver o sol brilhar, mais uma vez.

 

texto escrito a 24.04.2010

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

às 00:21


comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




mensagens

pesquisar

  Pesquisar no Blog